Cripta

 

A cripta da Catedral Nossa Senhora da Conceição, de Campinas, foi criada em 1923. Dom Francisco de Campos Barreto dedicou suas forças na batalha da construção desse espaço dedicado ao legado histórico de grandes homens da Igreja.

Construída com mármore carrara, vindo da Itália, foi projetada com três metros de largura por oito de comprimento e três de altura.

Desde então, sete bispos foram sepultados no local.Catedral 2 080

Nela estão sepultados :

D. João Batsta Correa Nery (1863-1920) * (spiritus domini ductor – O espírito do Senhor é o condutor);
D. Joaquim José vieira (1836-1917) * (volutatem tuam – Ensina-me a fazer tua vontade);
D. Francisco de campos Barreto (1877-1941)* (dominus regit me – O senhor é meu condutor);
Dom Joaquim Mamede da Silva Leite (1876-1947)* (omnia in charitate fiant – Que todas as coisa sejam feitas no amor);
D. Paulo de Tarso Campos (1895-1958)* (omnia in cristo – Todas as coisas em Cristo)
D. Antônio Maria Alves de Siqueira (1906-1993)* (in fide et lenitate – Na fé e na bondade).

Dom Bruno Gamberini ( 1950-2011).(Nomen Domini Benedictum-Bendito o nome do Senhor)

Ela está localizada, logo atrás da mesa eucarística, onde está uma escada de 13 degraus que vai para o subsolo. As escadas estão cobertas por tábuas de madeira,  que completam o piso da capela-mór e estão cobertas por um tapete vermelho.

 

Catedral 2 079 A Cripta no subsolo da Catedral Metropolitana de Campinas, fica aberta para visitação diariamente. Catedral 2 088

 

 

 

 

 

 

 

Catedral 2 086

 

 

 

O horário para o público é das 8h às 11h e das 14h às 17h, de segunda a sexta feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *